Camargo Côrrea Infra busca soluções de eficiência energética na construção

Em 2017, a Camargo Côrrea Infra gastou R$ 15 milhões com energia elétrica proveniente de concessionárias, representando um dos maiores gastos da construtora por projeto. Além dessa energia proveniente de concessionárias, também são utilizadas no segmento fontes não renováveis de energia, responsáveis por impactos ambientais consideráveis. Por esses motivos, a Camargo Côrrea Infra busca soluções sustentáveis que tragam mais eficiência energética ao setor.

“Queremos buscar outras fontes de energia, como a solar e de biomassa. Hoje existem diversas formas que não agridem tanto o meio ambiente quanto o uso do diesel”, comenta Amadeu Martinelli, especialista em frota da construtora.

O consumo de diesel é expressivo na operação de uma obra de infraestrutura, seja para transporte de pessoas ou operação de equipamentos pesados, contribuindo assim na emissão de gases que agravam o efeito estufa.

A Camargo Côrrea Infra acredita que existem soluções ainda melhores no mercado – e está realizando o seu primeiro programa de conexão com startups para encontrá-las. “Eu coloco a seguinte questão hoje: será que não conseguimos uma maneira de usar equipamentos elétricos dentro de uma construção civil pesada?”, questiona Martinelli. Os equipamentos elétricos são uma solução no caso da utilização de energia de fontes renováveis, como a energia solar.

A energia solar é, inclusive, uma tecnologia cada vez mais atual no Brasil – a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica estima que a demanda no país tem avançado em média 300% ao ano desde 2015. Edificações-geradoras já são uma opção na construção, permitindo a criação de prédios com placas fotovoltaicas para armazenar a energia solar e utilizá-la como fonte energética posteriormente.

Em construções e imóveis no qual o uso de energia solar não é possível (por motivos climáticos, falta de espaço, etc), uma alternativa é a utilização de softwares de simulação energética. Com eles é possível fazer uma otimização energética identificando pontos críticos no consumo de energia para tomada de ações – empresas como a S3 e Energy Plus já oferecem essa solução.

Programa de conexão com startups

No Infra i9, a Camargo Côrrea Infra busca soluções em modernização de obras, eficiência energética e otimização na gestão de resíduos. No programa, as startups inscritas serão selecionadas para participarem do Pitch Day, evento no qual apresentarão suas soluções para a diretoria e executivos da Camargo Côrrea Infra. As startups selecionadas serão convidadas para um dia de conexão e imersão com profissionais da empresa.

As startups mais aderentes aos desafios da Camargo Côrrea Infra testarão suas soluções em situações reais em obras e, com base nos pilotos, poderão se tornar suas fornecedoras ou parceiras. As inscrições para o Infra i9 já estão abertas – inscreva a sua startup aqui!

fonte: StartSe – por Tainá de Freitas

Deixe uma resposta